Publicidade Venus Creations

 

 

Versão Original
(Abre numa nova janela)

English Version

Version Française

 

FRAUDE NA MARINHA PORTUGUESA

TERÇA FEIRA 25 DE SETEMBRO DE 2018  

Marinha. Oficial farmacêutica com termo de identidade e residência

Militar alegadamente vendia, a lares de terceira idade, material farmacêutico adquirido através da Marinha.

Uma oficial superior da Marinha foi colocada esta terça-feira com termo de identidade e residência por suspeitas de desviar para a sua empresa privada material médico. A oficial em causa, capitão-de-fragata, é diretora do centro de abastecimento sanitário da Marinha na base naval de Lisboa (Alfeite). Fonte oficial da Marinha confirmou o caso limitando-se a adiantar que vai ser aberto um processo disciplinar à referida oficial farmacêutica em função dos indícios existentes. A operação ocorreu cerca das 09:30 desta manhã, quando elementos da PJ Militar acompanhados por membros do Ministério Público foram àquela unidade militar. Segundo fontes militares, o caso foi iniciado há mais de um ano com base em suspeitas internas. Em causa estavam discrepâncias na contabilidade do material farmacêutico adquirido pela Marinha e o que depois era disponibilizado aos militares. Sendo proprietária de uma empresa de venda de produtos de apoio a lares de terceira idade, a oficial farmacêutica adquiria grandes quantidades de material a preços mais baixos. Depois, a Marinha recebia notas de crédito da referida empresa - estando por saber se a Marinha era mesmo ressarcida - que obtinha assim aqueles produtos por um custo inferior ao das empresas concorrentes.

 

Clique aqui para ler mais notícias

Contactos - Política de Privacidade - Termos de Utilização
© Venus Creations. Todos os Direitos Reservados.