Publicidade Venus Creations

 

 

Versão Original
(Abre numa nova janela)

English Version

Version Française

 

MAIS UM LIVRO

SEXTA FEIRA 07 DE ABRIL DE 2016  

Liduino Borba em apogeu

Depois de um breve interrégno sempre envolto em pesquisas, o Cronista, Biógrafo e Historiador Terceirense aparece a reafirmar o seu apego pela escrita com mais um fabuloso trabalho literário denominado “Forcados Amadores De Turlock” inibido em fotografia e papel de alta qualidade, com uma detalhada e preciosíssima informação histórica da tauromaquia californiana que por certo deliciará os amantes da Festa Brava muito especialmente os que vivem no referido Estado.

Nascido a 7 de fevereiro de 1956 em S. Mateus da Calheta, Ilha Terceira, Liduino Borba com apenas onze anos de idade começa a trabalhar por conta de outrem simultaneamente frequentando cursos académicos noturnos que lhe deram a possibilidade de auferir a posição de escriturário na Agéncia de Navegação em Angra do Heroismo, posição que lhe serviu de tampolim para uma atividade empresarial que vem exercendo desde então.

Depois de ter editado quarenta e três livros, os mais recentes através da sua própria companhia “Turiscon Editora”, que vão desde pequenas publicações históricas, prosa e poesia, biografias de improvisadores e emigrantes bem sucedidos a obras de importante relevo, como foi o caso da “História da Freguesia de S. Mateus da Calheta”, isto para ser breve no meu discurso, ele volta à baila com uma importante obra literária que o levou à Califórnia respetidamente para colher a informação inerente bem como a enorme coleção de cartazes taurinos que faz parte do importante livro, que pode ser considerado uma autêntica enciclopédia tauromáquica que retrata detalhadamente a história de um grupo de forcados formado em 1976, com elementos locais capitaneados inicialmente por João Hermínio dos forcados da Ilha Terceira substituído em 1981 por Jorge Gabriel conhecido por “Vaca”, um terceirense que se residenciou em Turlock durante dois anos. A partir de então todos os cabos têm sido portugueses ou descendentes de portugueses a residirem em Turlock e arredores.

Neste trabalho, (recentemente saído da forja apresentado primeiramente em Stevinson Califórnia e depois em Angra do Heroismo, que tem granjeado pelos peritos na matéria os mais elevados elegios em todos os aspetos), o autor teve o cuidado de incluir fotografias antigas e recentes não só de ganaderos, toureiros e pegadores, bem como de touradas e praças de toiros nomeadamente do Canadá, Califórnia, Perú e Angra do Heroismo, depoimentos de aficionados da festa taurina, e de responsáveis pela integração da mesma em terras da Califórnia.

O livro subintitulado “Arte de bem pegar” é belingue, foi prefaciado por José Ávila Editor do jornal Tribuna Portuguesa e revisado pelo Dr Victor Rui Dores. Foi desenhado e paginado por Alexandra Grilo que também é responsável pela capa juntamente com o autor e Roberto Ávila. A contra capa é de José Amador Pelayo Leal. Uma obra argumentativa e contributiva que enriquece as bibliotecas dos colecionadores, o currículo do seu autor, e o conhecimento dos aficionados pela tauromaquia.

Texto e foto de
Avelino Teixeira
www.venuscreations.ca

 

Clique aqui para ler mais notícias

Contactos - Política de Privacidade - Termos de Utilização
© Venus Creations. Todos os Direitos Reservados.