Comentários

Página 32 de 158

Com um total de 1571 comentários.

Página:  Anterior  1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59  60  61  62  63  64  65  66  67  68  69  70  71  72  73  74  75  76  77  78  79  80  81  82  83  84  85  86  87  88  89  90  91  92  93  94  95  96  97  98  99  100  101  102  103  104  105  106  107  108  109  110  111  112  113  114  115  116  117  118  119  120  121  122  123  124  125  126  127  128  129  130  131  132  133  134  135  136  137  138  139  140  141  142  143  144  145  146  147  148  149  150  151  152  153  154  155  156  157  158  Seguinte
Mensagem:  1708
Data:  8/31/2007 7:00:28 PM
Nome:  A. Mariano
País:  Toronto
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
É ou não é à "caça" ao dinheiro essa coisa das multas de estacionamento em Toronto? Ainda hoje, um amigo meu, que tinha estacionado numa rua de Toronto e, naquela manhão, muito cedo mesmo (antes das cinco da manhã um "monte" de carros tinham sido contemplados com "prémios" de cor amarela berrante, isto é de multas por não terem permissão (o chamado permit) da cidade para pernoitar na estrada. No entanto um carro dos EUA, do Estado de Wiscosin, que esse meu amigo estacionou atrás naquela noite, não tinha sido multado. Por quê? Não sei mas tudo me leva a crer que não valia a pena multar o carro do país do Tio Bush pois, de certeza, que daria muito trabalho e burocracia a recuperar o dinheiro da coima (multa).


Mensagem:  1707
Data:  8/31/2007 11:23:37 AM
Nome:  A. Borges
País:  Mississauga
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
Até que enfim, o Engenheiro Manuel Cansado, pediu a demissão ou a pensão, da companhia aérea estatal, a SATA, de que era presidente há já uns bons anos. E digo até que enfim porque a sua administração nunca resolveu vários problemas que afligiam os nossos emigrantes, mais os AÇORIANOS, obviamente, que eram "penalizados" para não lhe chamar outros nomes e dos quais destaco o MARGENALIZADOS. É o que se tem passado com os voos para São Miguel e a obrigatoriedade de pagar-se o excesso de bagagem no momento de transbordo para as outras ilhas da Região. Também ao facto do bilhete único nas rotas da ilhas e à quase não existência de aviões para a Terceira, a minha ilha natal, com uma duzia, ou menos, de voos directos para a Terceira. Homessa! Porque razão, num passado recente os contactos internacionais eram feitos por Santa Maria e Lages (Terceira) e depois, com o aterro nas Relvas, se construiu o aeroporto João Paulo II, em detrimento da Aerovacas, e tudo passou a processar-se por São Miguel? Então o aeroporto das Lages não é um dos melhores aeroportos do país? Ainda recentemente aquele presidente demissionário levou uma "surra" numa sessão de esclarecimento durantes as comemorações dum portal, Adiaspora.com, aqui em Toronto, nas instalações do Sport Club Lusitânia. Isto para mim é pura "jogada" para só inglês ver ou um tapa olhos aos tolos ao aos que não querem ver. O problema da SATA que serve o povo açoriano no Canadá e EUA, é mestrada em atrasos constantes, ao pagamento de excesso de bagagem, à ausência da tarifa unica e de recorrer a tripulações de cabine (contractadas em Lisboa) pouco amáveis e desiteressadas no brio profissional como também ao "abandono" dos açorianos na DIÁSPORA em favor de novos mercados (Norte da Europa e afins) e à negligência votada ao POVO TERCEIRENSE, para não se falar em outras que certamente encheriam esta página até ao teto. O HOMEM, o engenheiro Manuel Cansado, devia andar mesmo cansado por tantos anos de esforços inuteis de querer "resolver" estes problemas ou de fazer orelhas moucas. É bom que vá para a reforma e, já que é 50% açoriano (a mãe é de São Miguel e o pai....alentejano (a razão porque tem o nome de CANSADO, que vá residir na minha ilha Terceira, para se dedicar às touradas à corda. Talvez, apanhado desprevenido no meio da rua corra desenfreadamente à frente dum toiro para não levar, onde as costa mudam de nome, uma meiga marrada, de deixar marcas ou furos. Ali, na minha Ilha Terceira, a terra dos bravos, é que o tal engenheiro Cansado perdia o sotaque da Ribeira Grandense e passava a dizer, OQUÊ das muitas do nosso rico vocabulário regional local. Mas após a partida desse CANSADO, e que na minha opinião não me deixa saudades, quem virá substituí-lo? O Dr. Luis Silveira, o número dois na hierarquia daquela transportadora? Se é verdade então estamos a andar de cavalo para BURRO. Esse é vesgo no que se passa no seu meio ambiente inclusive nos actos de... compadrio. Mas o Douto Carlos César é que sabe o que há-de fazer, ele é que é o patrão, se é só São Miguel ou a côdea também chegará para todos os filhos açorianos (os das outras ilhas e até na Diaspora, onde há valores tão bons ou melhores do seu gang de amigos, ou aduladores, que o cercam).


Mensagem:  1704
Data:  8/30/2007 10:58:18 AM
Nome:  J. DeSousa
País:  Mississauga
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
Como é habitual li esta semana o Cacete Comunitário deste interessante portal onde, semanalmente, é inserido artigos de malhar em quem merece. Por agora vou apenas apontar aquele com o #25, assinado pela jornalista Fernanda Leitão, cujo tema é, o estafado Campo de Férias, agora posto à venda por mais de 800 mil dólares. Corroboro cem por cento com as afirmações daquela profissional da comunicação social de língua portuguesa, uma, senão a melhor, que nestes ultimos 20 anos tenho conhecido, tanto no nosso meio, aqui, no Canadá, como na nossa diáspora. É pessoa que não tem "papas na língua" e que está sempre na vanguarda na defesa dos nossos interesses comuns e que tem o mau (para alguns) hábito de criticar quem o merece. Neste caso do campo de férias é simplesmente vergonhoso. O peso da "barra" ficou ao cuidado de uma só pessoa que vem, segundo a minha percepção, de ano para ano tentando resolver ou salvar a situação. Quantas vezes nas Assembleias dessa malfadada ACAPO, foi prometido apoio ao Campo de Férias, pela boca do seu cangalheiro, José Eustáquio, na presença daquele altruista e sacrificado Manuel Carvalho? Uma dúzia se a memória não me atraiço-a. Dos dois candidatos para a aquisição desta propriedade, segundo a srª. Fernanda Leitão, o já enfastiado José Eustáquio da ACAPO e representante para a nossa comunidade do grande sindicato da LIUNA, e o industrial Manuel Costa, será para mim este último o que irá salvar a situação com a aquisição. Do outro, do José Eustáquio, vai ser outra caminhada para o Calvário do fracasso e dos cheques carecas. Ao menos, com o Manuel Costa, teremos o Campo de Férias nas mão de pessoa idónea embora não possamos esquecer, no entanto, ser o que se chama um business man, isto é tem na sua óptica ou mira, sempre o factor lucro. Se a venda vier a concretizar-se é bom que sigam a sugestão da sra. Fernanda Leitão para que o saldo, se for positivo (?) após a liquidação das dívidas e encargos, dos quais estarão incluidos as centenas de portugueses que há anos atrás contribuiram com as suas economias para a aquisição daquela vã esperança de a nossa comunidade possuir algo direccionado aos nossos jovens durante as suas férias, ser dividido pelas diversas organizações de cariz social da nossa comunidade como foi, e bem, sugerido por aquela jornalista, como seja a Associação dos Deficientes Portugueses, O Abrigo e outras do género mas nunca, nunca sejam quais as condições ou pressões, nomear custódios a ACAPO & Companhia. Antes de terminar pergunto: se o Campo de Férias era propriedade da nossa comunidade, e não do Sr. Manuel Carvalho, ou da ACAPO, porque razão é que anualmente nunca foi publicado nos principais semanários da nossa comunidade, um comunicado detalhado como estavam as contas e a sua situação financeira? Responda quem souber!


Mensagem:  1703
Data:  8/28/2007 1:46:12 AM
Nome:  DÉCIO GONÇALVES
País:  CANADA
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
SOU UM HOMEN MUITO FORTE, FILHO DA BONITA ILHA DA MADEIRA, AMIGO DO SR. DR. ALBERTO JOAO JARDIN, E DA MESMA FRAGUESIA DO CRISTIANO RONALDO, PRESIDENTE DO NACIONAL DE TORONTO, O HOMEN DA CABRINHA, E MUITO MUITO AMIGO DE TODOS OS AÇORIANOS. COM OS MELHORES CUMPRIMENTOS DÉCIO GONÇALVES


Mensagem:  1702
Data:  8/28/2007 1:45:25 AM
Nome:  DÉCIO GONÇALVES
País:  CANADA
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
SOU UM HOMEN MUITO FORTE, FILHO DA BONITA ILHA DA MADEIRA, AMIGO DO SR. DR. ALBERTO JOAO JARDIN, E DA MESMA FRAGUESIA DO CRISTIANO RONALDO, PRESIDENTE DO NACIONAL DE TORONTO, O HOMEN DA CABRINHA, E MUITO MUITO AMIGO DE TODOS OS AÇORIANOS. COM OS MELHORES CUMPRIMENTOS DÉCIO GONÇALVES


Mensagem:  1701
Data:  8/28/2007 12:07:58 AM
Nome:  Adelaide
País:  Canada
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
Caro Joe Furtado, um dia bem feliz para si, e para os seus, com votos extensivos de felicidades para a toda equipa que compõe o espaço virtual Vénus Creations. O objectivo da minha mensagem de hoje é meramente para agradecer a gentileza e a disponibilidade com as quais brinda quaisquer dos seus amigos, conterrâneos ou compatriotas pondo-nos ao dispor pedaços da Vénus – pedaços de Portugal - em Toronto, Canadá. Aqui na sua Página podemos promover aquilo que mais gostamos ou que trazemos no coração. No meu caso são os meus livros e as minhas viagens em nome da poesia e da língua de Camões. Foi com agrado que abri a sua Página, em Portugal, no mês passado, e nela vi um espaço livre promovendo os meus escritos e os encontros da poesia na Escola Serra da Gardunha, Fundão. Posso afirmar que tanto alunos como professores do agrupamento escolar daquela região lhe ficam eternamente gratos. Aquela é das escolas que, em terras lusas, acolhem no seu melhor todas as iniciativas para bem da língua e da cultura portuguesas. Daí a grande admiração pela sua página na Web. Satisfeita ficou também Helena Gonçalves, de Fundão Turismo, que abriu caminhos aos Workshops de poesia naquela linda região da Beira Baixa. Quanto a mim...! ah, nem se fala. Como dizem na terra beirã que me viu nascer: fiquei que nem um cuco. Os livros são meninos que abraço. Assim, agradeço do mais profundo do meu ser por ter me promovido, por divulgar e acarinhar o que vou fazendo neste universo canadiano. Bem-haja. Muito boa sorte. Sucessos pessoais e profissionais. Adelaide Ramos Vilela


Mensagem:  1700
Data:  8/27/2007 6:02:22 PM
Nome:  Manuel Pereira
País:  Toronto
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
Aos Senhores Avelino Teixeira e A. Borges Quero por este meio pedire muintas desculpas se porventura ofendi alguem com o que escrevi. Sou de poucos estudos e isso tambem fasse confucao as pessoas que leem os meus escritos, pois so tenho a antiga 4 classe. Escrevo como falo e na minha ilha, Sao Miguel, da fregusia dos Arrifes, falamos desta maneira. Da palavra FILHO DA P... essa sabesse que foi dita na festa no Madeira Park, segundo toda a gente disse houvir e quase toda a gente, muinta dessa gente, disse nao houvire. Dos PEIDINHOS foi um caso muinto serio no palanco na festa do Senhor da Pedra na Igreija de Santa Ines, e foi dita pelo Henrique Cipriano, muintas vesses, naquela noite. Falare na PORRA paresse estare muinta gente aborrecida pois e cosa muinto feia. E sim senhor la na minha ilha mas nao e no continente que quando falam so sabem dissere PORRA, PORRA e PORRA. Afinal e ou nao e uma palavra feia? Ou so e quando eu, Manuel Pereira, o falo ou o escrevo? Falare no meu Benfica qual e problema? E tambem no Jose Estaquio tambem e problema? Ou e que esse gaijo que foi presidente aqui do meu Benfica, sabem de quem falo, o Jose Estaquio, e tambem sacrilegio? Nao disse nada de mal desse rapas. So falei para ele saire da ACAPO porque nunca tem tempo para dirijire essas organizacoes. Verdade quero dizere que nao estava bem sere presidente da ACAPO e sere presidente do meu Benfica ao mesmo tempo. Nao fica bem para ele, Jose Estaquio e para o meu Benfica. Nao falei nunca mal do Dezio Gocalves como disse o senhor Avelino Teixeira. Como posso falare mal do Dezio se gosto tanto dele e da cabrimha? Pesso desculpa ao senhores A. Borges, Avelino Teixeira e ao dono desse site se ofendi nao esquecendo os leitores deste site se por acaso fiz ofensas no que escrevi.O meu perdao para todos vosses e para os leitores. Muintas desculpas. Prometo, se assim querem, nao voltar nunca mais a escrevere para este site. Que me digam os donos do site e os senhores leitores ou mesmo o senhor Avelino Teixeira e o senhor A. Borges. Vai tudo para o cageto Mariano. Meu rico Senhor Santo Cristo dos Milagres, tu sabes bem que nao quero ofendere nimguem. Vou mas e comere um cebola cortida e um pratinho de favas guizadas. Boa tarde meus ricos senhores.


Mensagem:  1699
Data:  8/26/2007 6:36:10 PM
Nome:  A. Borges
País:  Mississauga/Canadá
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
Francamente não sei o que hei-de dizer sobre os comentários que por aqui, por este importante portal aparecem, só esporadicamente, Graças ao Divino. Não é bem que esteja deveras surpreso por tais textos no que concerne à maneira de escrever, pois nem todos nós temos a destreza e o conhecimento total da dificil língua de Camões, pelos visitantes, mas sim pelo uso de certos termos que, como diz o meu conterrâneo Avelino Teixeira, não são os mais apropriados para manifestarmos a nossa simpatia ou desagrado. Claro que seria bom que todos, mesmo todos, os utilizadores deste popular portal, seguissem essas regras da cortesia e das boas maneiras. Pelo atrás exposto gostaria de deixar aqui, como leitor assíduo, e critico também, deste portal, que, indubitavelmente, concordo com o conteúdo daquela mensagem do Avelino Teixeira direccionada ao visitante e referenciado senhor Manuel Pereira, de Toronto. Por vezes temos que tomar decisões drásticas para cortar, pela raíz, os males logo à nascença para que estes não se propaguem e afectem a nossa sociedade e as regras cívicas pela qual nos regemos, caso contrário tornaria este respeitado portal num dos muitos que por aí pululam pelo universo da Internete e que é de bradar aos céus com tanta ordinarice e ofensa. Sejamos pois, todos, sem excepções, colaboradores e visitantes, seguidores duma coexistência de respeito mútuo para que fraternalmente possamos discutir os multiplos assuntos, e prepotências também, no seio da nossa comunidade que nos aflige e que semanalmente são aqui debatidos. Ao senhor Manuel Pereira concerteza que não se sentirá ofendido pelas palavras do Avelino Teixeira nem pelas minhas. Penso até que tem assunto firme aos seus pés de todas as vezes que opina mas não com a libertinagem de vocabulário pouco ortodoxo e próprio, mais uma vez sem intenção de querer ofender, obviamente, de pessoas da ala dos arruaças.


Mensagem:  1698
Data:  8/24/2007 5:26:11 PM
Nome:  Avelino Teixeira
País:  Canada
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
Exmo Sr. Manuel Pereira.

Com os meus melhores cumprimentos venho em nome do portal Venuscreations, como seu porta voz, solicitar-lhe um favor.

Sempre que queira deixar o seu comentário nós ficar-lhe-emos muito gratos mas pediamos-lhe, encarecidamente, que não usasse termos que só são aceitáveis quando estamos entre amigos e, apenas em algumas circunstâncias.

Sabemos que escreve como se fala na gíria mas como o nosso portal é visitado por certas e determinadas pessoas que não aceitam tal vulgaridade e, para que possamos estar bem com todos, vamos pedir-lhe, com toda a sinceridade, que continue a criticar positiva-ou-negativamente, como bem lhe apetecer, quem o merecer mas sem usar termos como empregou no seu último comentário ácerca dos Srs; Joe Eustáquio e Décio Gonçalves.

Queremos que, qualquer pessoa que se digne visitar o portal Venuscreations, não se repugne por algum comentário aqui deixado, não pela sua modesta ortografia mas pelo significado da mesma.

Com a minha maior elevada consideração por si, respeitosamente me subscrevo para bem da organização.

A bem da Venuscretaions



Mensagem:  1697
Data:  8/24/2007 11:47:46 AM
Nome:  Fernanda Leitão
País:  Canada
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
BEM HAJAM!

Sinto-me grata pela delicadeza dos vossos votos expressos de forma tão calorosa. E igualmente desejo ao Venus Creations, aos Irmãos Furtado e a todos os colaboradores, as maiores venturas comunitárias e pessoais.
Venus Creations é um espaço de liberdade que honra a comunidade portuguesa e por isso mesmo, todos quantos para ali enviam os seus escritos, notícias ou recortes da chamada grande imprensa, estão amplamente compensados pelo facto de VC serem um organismo cheio de vitalidade, com sangue e sonho nas veias.
A comunicação, clara e sem reservas, é condição básica para uma sociedade saudável.
Todos a podem, e devem, praticar sem complexos nem timidez.
As comunidades crescem através de pontes e não de muros.
Mais uma vez, bem hajam!
Até sempre.

Fernanda Leitão



 
Página 32 de 158

Página Anterior

Página Inicial

Página Seguinte

© Venus Creations. Todos os Direitos Reservados.