Comentários

Página 114 de 158

Com um total de 1571 comentários.

Página:  Anterior  1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30  31  32  33  34  35  36  37  38  39  40  41  42  43  44  45  46  47  48  49  50  51  52  53  54  55  56  57  58  59  60  61  62  63  64  65  66  67  68  69  70  71  72  73  74  75  76  77  78  79  80  81  82  83  84  85  86  87  88  89  90  91  92  93  94  95  96  97  98  99  100  101  102  103  104  105  106  107  108  109  110  111  112  113  114  115  116  117  118  119  120  121  122  123  124  125  126  127  128  129  130  131  132  133  134  135  136  137  138  139  140  141  142  143  144  145  146  147  148  149  150  151  152  153  154  155  156  157  158  Seguinte
Mensagem:  441
Data:  8/5/2004 9:18:10 AM
Nome:  AVELINO TEIXEIRA
País:  Canada
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
Quando me deixo mergulhar em momentos nostálgicos mil -e-um pensamento ocorre à minha memória, e dificilmente me desprendo do meu passado que foi igual a tantos outros que viveram uma vida sem conforto algum e desprovidos do essencial para o quotidiano. Nasci numa freguesia pescatória e embora nunca tivesse enveredado pelas lides do mar, apercebía-me claramente das dificuldades daqueles bravios lôbos marítimos que dia-após-dia embarcavam em pequenos barcos para irem à procura do seu pão de cada dia, e o da sua família que em terra ficava aguardando, por vezes impaciente e angustiosamente, o seu regresso talvez com os barcos afundando-se com o peso da pesca, mas muitas das vezes o regresso realizava-se desiludidamente pois a sorte não os havia presenteado pelo seu hárduo trabalho. Era então quando tudo mudava pois havia que se ir em busca de algo para saciar o apetite da família que por vezes era numerosa. Os filhos mais velhos eram mandados para os locais da freguesia, aonde viviam os lavradores, para irem vender o saboroso peixe seco por vezes em troca dos frutos da terra, e às vezes, em certas circunstâncias, pedirem esmola. Quando atingi uma idade maior começei a aperceber-me que aquela gente destemida, com faces enrugadas que ostentavam as consequências marítimas com as quais se debatiam diáriamente, eram de uma honestidade intocável. Eram pessoas sem conhecimentos gramaticais ou ariteméticos, mas que através da sua simplicidade deixavam transparecer o respeito e a consideração pelo próximo. Decorridos aproximadamente cincoenta anos, e com toda a tecnologia que dispomos, que diriam ou fariam aqueles pescadores se lhes fosse dada a oportunidade de renascerem?!... Tenho a convicção de que eles certamente iriam usar a referida tecnologia para facilitarem o seu modo de vida e nunca para molestarem ou atrofiarem as vidas de cada um, porque isso, na ótica deles, seria considerado um pecado. Que bom seria se nós parássemos por um instante e reflectíssemos no exemplo dos tais pescadores para que não caiamos no redículo de querer-mos usar os nossos meios de comunicação, nomeadamente os nossos computadores, para maliciar as pessoas de boa vontade e atingirmos as nossas pretensões de querermos ser os únicos, quando muitas vezes nem somos capazes de executar os nossos ideais sem a ajuda de quem é mais conhecedor do que nós. Sejamos mais honestos para com nós próprios, reconhecendo as nossas capacidades e limitações,porque o resto sem dúvida virá por acréscimo,e então viveremos numa autêntica utopia. Ah;como seria bom!...


Mensagem:  440
Data:  8/4/2004 3:27:41 PM
Nome:  Luis Abel Avila
País:  Canada
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
Caros srs. da administração da VC: Começo por saudar a equipa da VC e todos os visitantes que por aqui passam. Gosto de visitar o vosso site, e faço-o pelo menos uma vez por semana, mas raramente deixo comentários. Somente quando observo algum assunto que me deixa intrigado ou revoltado, pois sou, por natureza, um ferrenho defensor da verdade e da justiça social. Mas vou direito ao assunto, que me fez parar o meu trabalho, para vir aqui escrever. Há dias, um amigo, de longa data, telefonou-me para dizer que havia grande especulação, nuns certos meios, tentando adivinhar quem é o Luís Avila. Sou uma pessoa calma e pacífica, mas confesso-vos que me exaltei. Ora então, que diabo há para adivinhar? Vivo nesta comunidade, trabalho, divirto-me, ouço e penso! Ainda surpreso, e um tanto desgostoso, perguntei ao meu amigo o porquê dessa especulação. Ao que ele me respondeu: "Dizem que escreves para alguns sites, sem medo, e dizes umas coisas que pensas". Aí então... fiquei mesmo indignado. Por acaso é proibido pensar??? Gostaria que houvesse mais pessoas a pensar! Por acaso vivemos ainda no tempo do fascismo, sem poder falar? Ou por acaso, as pessoas estão tão acustumadas a calar que quando alguém dá a sua honesta opinião já pensam que é coisa para mistério... Depois de pensar, porque ainda penso, e quero continuar a pensar...acho que as pessoas deviam envolver-se mais em coisas produtivas, e menos, em especulações, de espírito detector. Mas até foi bom, que o meu amigo viesse ter comigo para conversar, pois assim ao responder tive também a oportunidade de deixar aqui os meus parabéns à VC e a toda a sua equipa, pelo bom trabalho desenvolvido, nesta nossa comunidade. Também quero saudar o amigo, o grande e competente jornalista, Fernando Cruz Gomes, que, com a sua participação, enriquece, ainda mais, o prestigio dessa organização! Sem medo... nem receios... o sempre amigo, Luís Avila


Mensagem:  439
Data:  8/2/2004 9:21:44 PM
Nome:  Agostinho Lopes
País:  Portugal
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
Obrigado Joe Furtado. Cá recebi uma biografia de Daniel Carvalho, um português dos Açores. Estive em 2003 em Vila Franca do Campo. Percorri 4 ilhas dos Açóres. S.Miguel, Terceira, Pico e Faial. É bom dar a conhecer as pessoas que nasceram com talento e souberam procurar mais algo que ajudasse a aumentar e seu valor. Foi assim que eu consegui o que hoje sei fazer. Mais uma vez, muito obrigado e os meus parabens e que tudo corra bem para o vosso Grupo VENUS CREATIONS. Um grande abraço do Agostinho Lopes


Mensagem:  438
Data:  8/1/2004 6:44:28 PM
Nome:  Fernando Cruz Gomes
País:  Canada
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
DE VEZ EM QUANDO Faz agora anos Para as gerações mais novas, sobretudo aquelas que já nasceram por estas paragens, talvez que o nome não diga muito. Só que, para os outros, talvez mesmo para a maioria dos que ouvem e apreciam a boa música portuguesa, ZECA AFONSO é nome de destaque no imaginário português. Pois… a 2 de Agosto de 1929. nascia, em Aveiro, o poeta, compositor e músico português José (Zeca) Afonso. Um nome que, aos poucos, e especialmente desde que entrou nas lides académicas, em Coimbra, se ia moldando ao gosto do Povo e das suas tradições, ia bulindo com o “status quo” mesmo político e ia, afinal, criando o seu público. De tal forma que, após o “25 de Abril”, e sobretudo nos primeiros anos subsequentes, a sua figura era mesmo incontornável para a maioria dos Portugueses. A sua voz ainda hoje se ouve, mercê da técnica. A sua mensagem ainda é levantada, muitas vezes, quando colectivamente se começa a pensar que o Povo poderia viver melhor. Zeca Afonso. A 2 de Agosto de 2004 faria 75 anos, se fosse vivo! – CG


Mensagem:  437
Data:  7/28/2004 9:43:26 PM
Nome:  VENUS CREATIONS
País:  CANADÁ
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
A Administração da "VENUS CREATIONS", informa que o Portal de Música Portuguesa, (ouviste.com), apresenta um grandioso programa ao vivo-interactivo, com o conhecido cancenotista Porfírio Ribeiro, na Sexta-Feira, dia 30 de Julho, pelas 19 horas, no Restaurante Bistromar, no 63 da Queen St. South, Streetsville, em Mississauga. É um espectáculo imperdível, com o novo trabalho de Porfírio Ribeiro. O Público poderá participar com perguntas e respostas, num ambiente de excelente convívio. Este espectáculo será gravado e ficará disponível na internet, www.ouviste.com, para que possa ser visto, por todos os Portugueses, onde quer que estejam. Para jantar e participar, nesta noite tão especial, entre em contacto através do telefone (905) 542-3113 e fale com Frank Lopes para reservar a sua mesa. Ou então para (905) 890-1122, com Eddy Costa para obter mais informações Fonte: Newslester Ouviste.Com


Mensagem:  436
Data:  7/26/2004 8:29:53 PM
Nome:  FLÓ DA SILVA
País:  CANADÁ
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
Hi Joao, I'm send you my 8th annual boat cruise flyers, If you could possibly place this information in your community section of your program I would greatly appreciate it. It would be great if you could come out and have some fun with all of us, bring you family and if possible pass this information along to your friends. I'm a great believer in the more the merrier. Hope to see you on board, Talk soon, Flo da Silva 416-451-2441


Mensagem:  435
Data:  7/26/2004 6:58:12 PM
Nome:  VENUS CREATIONS
País:  CANADÁ
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
A Administração da "VENUS CREATIONS", informa que temos uma nova colaboradora no nosso site, seu nome é "EFFIE C. ROSE LEDO", que fará parte da nossa "SECÇÃO DE POEMAS" em língua "INGLESA", e que todas as semanas terá um dos seus poemas aqui publicado, informamos também que já se encontra afixado o desta semana na nossa "SECÇÃO DE POEMAS", sendo um enorme prazer em dar-lhe as boas vindas, e que vemos aumentar a lista de colaboradores do nosso site. Precisamos de muitas mais boas vontades, para conseguirmos idealizar o projecto a que nos propusemos. Um abraço para todos da Administração da "VENUS CREATIONS".


Mensagem:  434
Data:  7/26/2004 12:55:24 AM
Nome:  Fernando Cruz Gomes
País:  Canada
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
DE QUANDO EM VEZ... • Um “crente” empedernido “Crente” empedernido. Daqueles que acreditam em tudo. E até chegam a matar as desilusões na “certeza” de que “agora… é que será”. A ler, há dias, as notícias do Açoriano Oriental” – vício que vou tendo desde que os milagres da técnica me atiraram com as páginas do jornal mais antigo de Portugal para a mente e para os olhos – achei que deveria absorver todas as vantagens. E como lá dizia, preto no branco e a cores, que estava “no ar” a emissão on-line da TSF Radio Açores e que “enquanto lê… ouça as notícias”… lá fui, crente como sou. De resto, era fácil, até porque “A Rádio (está) a um click…” Pois… esperei muito tempo para ouvir falar. Esperei ainda mais para ouvir uma notícia. E se esperava ouvir música ou canções em Português… tive de desesperar. Ouvi umas quantas músicas em Inglês, uma em Francês e… nenhuma em Português. Assim a modos como aconteceria se a CBC ou a CHFO de cá… passasem duas canções do Marco Paulo, uma do Chico Ávila e… Sem querer, dou comigo a fazer um “retrocesso” na máquina de escrever que ainda tenho na mente… e a dar razão a colega que muito prezo, o José Mário Coelho, que ouvi em pelo menos duas reuniões internacionais criticar as estações de Rádio portuguesas que passam quilómetros de canções estrangeiras (especialmente Inglesas) e… centímetros de canções em Português. Deixei de ser “crente”. – CG


Mensagem:  433
Data:  7/22/2004 11:50:36 PM
Nome:  Lumena
País:  Canada
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
Caros leitores. Não é costume meter-me em assunto que não é meu, mas sim, é costume meu defender sem medo, o que é direito quando vejo injustiça. Por devez enquando vizitar estes dois sites, estou a par do que ocorreu...Pelo que vejo tudo começou , pela correcção de um erro que já tinha acontecido mais do que uma vez pela mesma pessoa. Acredito que um coordenador ou (a) percebível, de uma organização com ética seja, agradecer pela informação correcta. Despejar o saco no VC. e no Sr. Joe, que tem ajudado a divulgar a nossa comunidade e outras é injusto. Culpar o dr. intrigas II, pelo seu comentário... Dá vontade de rir. É só, parar e definir a palavra "intrigas". Neste caso, não é nada mais ou nada menos do que um bom passatempo. Até, que se o dr. intrigas II fosse ali dizer só coisas a sério, perdia a graça do seu título. Deve ter chegado a este fim, por razões mesquinhas . Parabéns a todos do VC. e força Joe. Lumena


Mensagem:  432
Data:  7/22/2004 9:15:04 AM
Nome:  VENUS CREATIONS
País:  CANADÁ
E-mail:  Contactar
Website:  Ver Página
Comentário:  
A Administração da "VENUS CREATIONS", tem o prazer de a todos informar que finalmente o nosso site está desde esta hora a funcionar normalmente, estivemos infelizmente 4 dias às escuras, mas agora já temos luz verde para continuarem a publicar vossos comentários, aliàs sempre muito apreciados por todos nós. Um abraço para todos da Administração da Organização "VENUS CREATIONS".


 
Página 114 de 158

Página Anterior

Página Inicial

Página Seguinte

© Venus Creations. Todos os Direitos Reservados.